Embu das Artes integrará Programa Família Paulista

 O prefeito de Embu das Artes Chico Brito, acompanhado dos secretários municipais Roberta Santos (Assistência Social) e João Honório (Pró-Habitação), participou quarta-feira, 13/1, de uma reunião de trabalho do Programa Família Paulista (PFP), que visa combater a extrema pobreza no Estado de São Paulo.

O programa, recém lançado, prevê a promoção do desenvolvimento econômico e social dos núcleos familiares de 27 municípios da Região Metropolitana de São Paulo, território que, segundo o IBGE, concentra 57% da população em extrema pobreza do estado. Entre os objetivos do programa estão: fomentar a autonomia e fortalecer vínculos familiares, promover intervenções em territórios e domicílios, promover o acesso a rede de serviços e propiciar oportunidades de inclusão produtiva e capacitação profissional.

O repasse para Embu das Artes será de 2,7 milhões, atendendo 1.170 famílias. Um dos diferenciais do programa é que a verba não será destinada diretamente para as famílias, mas aplicada em setores previamente definidos pela Prefeitura.

O encontro serviu para definir o cronograma de atividades, como a realização de reuniões para a elaboração do plano de ação e da metodologia do trabalho no combate à pobreza. O programa terá duração de 24 meses, sendo quatro para planejamento inicial e capacitação em parceria com município, 12 meses de trabalho intensivo com as famílias e mais oito meses para o acompanhamento e avaliação de resultados e impactos.

A ação será dividida em dois ciclos: Ciclo de Trabalho com o Município e Ciclo de Trabalho com as Famílias, com ações que podem contemplar a expansão da rede de água, esgoto e energia elétrica, a pavimentação de vias públicas, a construção ou revitalização de áreas de lazer ou espaços coletivos de convivência.

O PFP é de responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo. Em Embu das Artes, a coordenação ficará por conta da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional, em conjunto com outras Secretarias, incluindo a Companhia Pública Municipal Pró-Habitação. O investimento inicial será de R$ 77,5 milhões alcançando 50 mil famílias da região metropolitana de São Paulo. Mas, a previsão é de que até 2019, cerca de 200 mil famílias inseridas no Cadastro Único para projetos Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda mensal menor ou igual a R$ 77 reais per capita, sejam atendidas.

Além de Embu das Artes, integram o programa e concorrem ao Selo Família Paulista, concedido aos municípios que assumiram o compromisso de enfrentamento a extrema pobreza, os municípios de Arujá, Biritiba Mirim, Caieiras, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Diadema, Embu Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Itapecerica da Serra, Itapevi, Itaquaquecetuba, Jandira, Juquitiba, Mairiporã, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Poá, Rio Grande da Serra, Salesópolis, São Lourenço da Serra, Suzano e Taboão da Serra.

A reunião contou com a participação do secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro e da coordenadora do Programa Família Paulista, Lígia Pimenta. 

 

                    TV Conisud

 

 


 


 


Rua: Minas Gerais, Nº. 58 - Pq. Paraíso
Itapecerica da Serra - SP

Conisud


Equipe
E-mail: conisud@conisud.sp.gov.br
Telefone: (11)4385-0946


A reprodução do conteúdo deste site poderá ser feita desde que citada
a seguinte fonte: extraído do Portal do Conisud