CONISUD e IPT JUNTOS!

Novembro 01, 2021 COMUNICAÇÃO

Para definição de áreas prioritárias para conservação e recuperação ambiental

CONISUD – Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo, em parceria com o IPT vai realizar o mapeamento de áreas prioritárias para compensações ambientais, reflorestamento e enriquecimento florestal na Sub-região Sudoeste da Região Metropolitana de São Paulo, que abrange importantes áreas de mananciais.
Financiado pelo Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), o estudo fornecerá informações importantes para os órgãos gestores de recursos hídricos e ambientais do Estado de São Paulo, e, ainda, às prefeituras, entidades técnicas, acadêmicas, empresas e outros atores atuantes na região.
O trabalho será executado por pesquisadores da Seção de Planejamento Territorial, Recursos Hídricos, Saneamento e Florestas (SPRSF)da Unidade Cidades, Infraestrutura e Meio Ambiente (CIMA), que têm larga experiência na execução de estudos em áreas de mananciais, conservação e recuperação ambiental. Para o mapeamento, a ser realizado em 12 meses, serão utilizadas técnicas de geoprocessamento (análise multicritérios), trabalhos de campo, reuniões técnicas e amplo levantamento de dados do meio físico, biótico e antrópico.
Com o intuito de indicar diretrizes e ações em sintonia com as demandas setoriais e demais políticas de ordenamento e desenvolvimento municipal e regional, o envolvimento de stakeholders, públicos e privados, constituiu um importante balizador no processo de definição de áreas prioritárias, explica a pesquisadora e coordenadora do projeto, Priscila Ikematsu.Por esse motivo, foi constituído um Grupo de Acompanhamento Técnico, formado por representantes das prefeituras e sociedade civil organizada dos municípios consorciados para atuar de forma colaborativa no projeto. Além disso, articulações com o Programa Nascentes e com o GT Mananciais, do Comitê de Bacia Hidrográfica do Alto Tietê (CBH-AT) também já foram iniciadas para que os resultados possam, de fato, serem aplicados para a melhoria da qualidade ambiental da região e sejam úteis às políticas estaduais.
Encontros técnicos já foram realizados para a elaboração conjunta do Plano de Trabalho do projeto. Para Brígida Sacramento, secretária executiva do CONISUD, esse projeto é fundamental uma vez que irá nortear os municípios quanto ao planejamento e uso correto do seu território, tanto no que tange a recuperação como na conservação do mesmo. Também se soma a outras ações importantes que vêm sendo trabalhadas junto a SIMA/CIRS quanto a Educação Ambiental e destinação correta dos Resíduos Sólidos Urbanos e, ao Turismo Regional como uma política sócio ambiental para a geração de emprego e renda da população.
O IPT, por meio de pesquisadores da SPRSF, já desenvolveu trabalhos na sub-região, sendo o “Ordenamento Territorial Geomineiro – OTGM”, o mais recente, concluído em 2019. As informações geradas no OTGM serão fundamentais para o desenvolvimento do projeto.

Galaria de Fotos


Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.