Unifesp: alunos apresentam projetos de gestão e empreendedorismo no turismo

Como conclusão dos cursos de extensão da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), campus Embu das Artes, em “Turismo, o melhor negócio” e “Gestão em Turismo e Turismo Receptivo”, os alunos apresentaram, na quarta-feira, 26/10, três projetos de empreendedorismo no setor e falaram sobre a importância e o papel da gestão do turismo na cidade. No total, foram elaborados 16 projetos, boa parte deles já foi implantada. O curso contou com a participação não apenas de pessoas de Embu das Artes, mas também de outras cidades da região como Embu-Guaçu e Juquitiba.

“O desafio foi realizar esses projetos em apenas três meses e meio de curso, mas conseguimos e ficaram muito bons”, destacou o professor de Empreendedorismo, Luiz Gonzaga Calazans, professor do curso “Turismo: o melhor negócio” e membro da Câmara Técnica de Desenvolvimento do Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste de São Paulo (Conisud). Ele explica ainda que o objetivo desse curso era “formar empreendedores em turismo abrangendo alguns setores como hospitalidade e gastronomia” e, em seguida, elaborar propostas para promover o turismo nas cidades que integram o Conisud.

Já o curso de “Gestão do Turismo”, segundo a professora e mestre na área, Ana Maria Campos, tem por objetivo identificar os trabalhos realizados pelos gestores para que o turismo possa se desenvolver de forma sustentável em todos os sentidos. “O turismo é uma prática social e uma atividade econômica que envolve um grande número de atividades”, explica.

Dentre os projetos apresentados estão a formação de uma cooperativa de agentes de turismo receptivo, que são a porta de entrada para o turismo na cidade, e a criação de um site de compras com produtos típicos da região. Os cursos serviram também para orientar os alunos do melhor negócio a ser trabalhado de acordo com o perfil de cada cidade. Calazans citou o exemplo de um aluno que queria montar uma casa de câmbio e, após analisar o contexto da economia local, percebeu que seria inviável e acabou abrindo uma empresa de eventos, que já realizou um café da manhã para 80 pessoas em uma empresa de telefonia.

Para o secretário de Turismo de Embu das Artes, Valdir Luis Barbosa, ambos os cursos “atuam na diversidade regional fortalecendo a economia e a própria Unifesp nessa área do conhecimento”. Renato Nabas, coordenador de projetos dos Programas de Extensão Universitária da Unifesp, destacou em sua fala a importância do Campus Avançado de Extensão na democratização do acesso ao conhecimento. “Foi uma decisão muito sábia a implantação do campus de extensão, pois conseguimos abranger uma quantidade de pessoas que não tinha acesso a cursos como esse. Com isso, universidade e prefeitura garantem a democratização do acesso ao ensino público de qualidade e cumprem seu papel social”, destacou Nabas.


Júlio Marcondes
3/11/2011

 

Cidades Consorciadas 
 
Revista do PPA Regional Participativo 

 

                    TV Conisud

 

 


 


 


Rua: Minas Gerais, Nº. 58 - Pq. Paraíso
Itapecerica da Serra - SP

Conisud


Equipe
E-mail: conisud@conisud.sp.gov.br
Telefone: (11)4385-0946


A reprodução do conteúdo deste site poderá ser feita desde que citada
a seguinte fonte: extraído do Portal do Conisud